Breadcrumb

Data 08-10-2020
#noticia
MOBI.E abre Concurso Público para a rede piloto de dez hubs de carregamento
Prazo para entrega de propostas até ao dia 6 de novembro

Sustentabilidade

Curabitur a felis in

A MOBI.E S.A. publica um concurso público para a seleção de até quatro empresas que irão instalar dez hubs de carregamento de veículos elétricos que visa reforçar a infraestrutura de carregamento de acesso público com mais de 90 postos de carregamento.
 
Cada hub de carregamento de veículos elétricos será constituído por um posto de carregamento ultrarrápido (150 kW), três postos de carregamento rápidos (50 kW) e cinco postos de carregamento normais (22 kw), permitindo o carregamento simultâneo de 18 veículos.
 
Este projeto piloto, integrado no Programa de Estabilização Económica e Social do Governo, conta com o financiamento do Fundo Ambiental de 1,75 Milhões de euros e vem reforçar a infraestrutura de carregamento. Este investimento resulta de uma parceria com os Municípios de Braga, Matosinhos, Vila Nova de Gaia, Viseu, Aveiro, Coimbra, Leiria, Loures, Almada e Loulé. Aos Municípios cabe a tarefa de selecionarem, disponibilizarem e licenciarem o espaço de instalação e à MOBI.E, S.A, a instalação dos equipamentos de carregamento, respetivas ligações e, caso necessário, posto de transformação.
 
O prazo para apresentação das propostas é de 30 dias, até ao dia 6 de novembro, e terão de ser submetidas na plataforma eletrónica ACinGOV utilizada pela MOBI.E. As empresas selecionadas serão, depois, convidadas a apresentar propostas para a instalação de cada um dos 10 hubs.
 
Luis Barroso, presidente da Mobi.E. refere que “a operação dos hubs irá ser colocada através de um procedimento de contratação pública para a concessão da exploração, de forma a garantir que o seu funcionamento ocorra até ao final do primeiro semestre de 2021”. 
 
Recorde-se que a rede Mobi.E é uma rede composta por postos de carregamento para veículos elétricos maioritariamente situados em espaços de acesso público. Uma rede nacional de mobilidade elétrica com um modelo baseado na interoperabilidade e no acesso universal dos utilizadores, que pode integrar diferentes players na cadeia de valor.

Curabitur a felis in